terça-feira, 26 de outubro de 2010

Amor de verdade

Quando eu vi você pela primeira vez, éramos apenas crianças; e eu sabia muito pouco sobre a vida. Agora que se passou tanto tempo e tantas pessoas atravessaram meu caminho, vejo em cada fim que você continua tomando uma parte de mim. É um sentimento que só cresce sem medidas, de uma forma que eu não posso controlar. Mas nem sempre há reciprocidade e eu não tive essa sorte. Perdi noites e dias pensando, chorei muito. Mas também me vi feliz só pelo fato de você existir. Me acalma qualquer coisa que você disser. E sinto falta de cada segundo que pude estar ao seu lado.
Me dói fundo gostar de você tanto assim, de não poder estancar, cessar tudo que trago aqui. Com o tempo me conformei. Ás vezes o coração também cansa. Hoje sua amizade tem valor inestimado pra mim.
Talvez, quem sabe um dia, a gente se encontre por estes caminhos que a vida desvia, e eu possa acalentar esse meu desmedido amor. Porque ele pode até se transformar, mas nunca acaba.
Eu sei, vou amar você pra sempre.


Pro Matheus Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Seguidores